Vem aí uma série documental da Netflix sobre a família Romanov e a Revolução Russa

10 NOVEMBRO, 2017 -

Se em 1997 a 20th Century Fox fez um filme de animação baseado nesta icónica família russa, agora chega a vez da Netflix apostar numa nova versão e em formato de série.

Actualmente, Matthew Weiner, criador da série “Mad Men” e um dos argumentistas de “The Sopranos”, está também a desenvolver, com o apoio da Amazon, a série “The Romanoffs”, que conta com Isabelle Huppert, Aaron Eckhart e Christina Hendricks no elenco.

Depois do sucesso da série “Making a Murderer”, parece que a Netflix vai mesmo continuar a apostar neste tipo de género. Segundo o Deadline, “The Last Czars” será então a nova aposta documental da gigante de streaming norte-americana.

De acordo com a mesma fonte, a ideia será misturar o estilo documental com reconstituições para retratar os erros do czar Nicolau II e o surgimento da Revolução Russa, que mais tarde culminou na morte de toda a família imperial Romanov: Nicolau II, Alexandra (sua esposa) e os seus cinco filhos (Olga, Tatiana, Maria, Anastásia e Alexei).

A família Romanov sempre despertou grande interesse principalmente por causa do mito sobre a possível sobrevivência de Anastásia Nikolaevna, jovem herdeira que faleceu com apenas 17 anos. Desde então, esta história já inspirou várias produções cinematográficas, uma das quais é o filme “Anastasia”, de 1956, realizado por Anatole Litvak, e que conta com a actriz Ingrid Bergman no papel principal.

The Last Czars” terá produção da Nutopia, conhecida pela produção de séries como “America: The Story of Us” (2010), “Mankind: The Story of All of Us” (2012) ou “The ’90s: The Last Great Decade” (2014), e deverá estrear em 2018.

Fotografia colorizada por Olga

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS