Vários cineastas suecos vão homenagear Ingmar Bergman

1 FEVEREIRO, 2017 -

Ingmar Bergman foi um dos maiores cineastas de todos os tempos. Ladeado por nomes como Federico Fellini, Alfred Hitchcock, Andrei Tarkovsky ou Jean-Luc Godard. O cineasta sueco escolheu ser virtuoso e irreverente no seu modo de fazer cinema, não se agarrou a preceitos nem complicou preconceitos. Investigou-os, tentou compreendê-los, abordou-os. Destes se fez arte e filosofia. Tudo isto versado numa tela de cinema e nas suas dezenas de produções, para além das adaptações em contexto cénico. Questionou-se com assinalável retórica visual. Articulou-se com a dimensão do sonho pensante. Realizou-se com uma obra que se compreende numa introspecção constante e exultante. Desde a doença até à morte, passando pela loucura e pela traição, foi este o canto cinematográfico de Ingmar Bergman.

Agora, 6 realizadores suecos vão criar uma obra cinematográfica, a ser lançada no Festival de Cinema de Gotemburgo, mais propriamente em 2018, quando se celebrarem os 100 anos do icónico cineasta Sueco.
Tomas Alfredson, Pernilla August, Lisa Aschan, Patrik Eklund,  Linus Tunström e Jane Magnusson vão dar vida a ‘Bergman Revisited‘, uma série de curtas-metragens inspiradas no universo de Ingmar Bergman.

Segundo produtora e editora do canal SVT, Helena Ingelsten: “Todos têm o seu próprio Bergman – ou tinham! (…) Traços de Bergman serão sentidos nestes filmes de alguns dos nossos directores e artistas mais interessantes (…) Uma nova geração terá a hipótese de descobrir Bergman. A geração mais velha terá a oportunidade de conhecê-lo num novo ‘disfarce’“, salientou Ingelsten.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Ingmar Bergman foi um dos maiores cineastas de todos os tempos. Ladeado por nomes como Fede

O interior do Homem é um mundo a descobrir e I

O Verão começa hoje e as férias estão aí à porta por isso

Uma obra de Ingmar Bergman que permanece intocável na sua magnificência Eliza