‘Twin Peaks’: Toda a gente à espera do regresso de Laura Palmer

22 MAIO, 2017 -

Terceira temporada da série icónica já se estreou nos EUA. Antestreia em Lisboa é hoje.

Nos EUA, a terceira temporada de “Twin Peaks” já foi vista, mas o manto de nevoeiro mantém-se. Isto porque até às 21h00 de sábado em Nova Iorque [01h00 de domingo em Lisboa], hora a que começou a ser exibido o primeiro episódio, não era autorizada a publicação de textos de opinião.

A estreia da icónica série imaginada por David Lynch e Mark Frost está marcada para dia 28 em Portugal, no canal TV Series. A apresentação à imprensa é hoje em Lisboa. Sabe-se que a maioria dos atores, entre os quais Sheryl Lee, Kyle MacLachlan (no papel do agente do FBI Dale Cooper, destacado para investigar o homicídio de Laura Palmer), Mädchen Amick (Shelly Johnson), Ray Wise (Leland Palmer) e Grace Zabriskie (Sarah Palmer), serão os mesmos de há 26 anos. As atrizes Monica Bellucci, Naomi Watts e Laura Dern e os atores Tim Roth, Robert Forster e Jim Belushi estão entre os convidados. E a banda sonora essencial para construir uma tela sonora misteriosa volta a ser do compositor Angelo Badalamenti.

A rodagem desta terceira temporada de 18 episódios começou no outono de 2015 e durou oito meses. O último episódio fora emitido a 10 de junho de 1991. Da televisão ao cinema, a vida de Laura Palmer deu um filme. “Twin Peaks: Os Últimos Sete Dias de Laura Palmer”, de há 25 anos, mal recebido pela crítica especializada.

As duas temporadas da saga procuravam a resposta para a questão mais ansiada, “Quem matou Laura Palmer?”, uma adolescente de Twin Peaks encontrada morta junto ao rio que atravessa a localidade. Já o filme mostrava os últimos dias da vida de Laura. Twin Peaks era uma cidade habitada por figuras bizarras e misteriosas. Laura Palmer não era exceção e vivia uma vida dupla. A “rainha do liceu” era uma rapariga normal na aparência e uma prostituta viciada em cocaína fora de horas.

No início da segunda temporada descobriu-se que o assassino era o pai de Laura, Leland, que tinha abusado sexualmente da filha durante anos enquanto estava possuído por uma entidade malévola de nome Killer Bob. Depois de resolvido o mistério, as audiências baixaram abruptamente, levando a ABC a cancelar a série.

Na quinta-feira, os dois primeiros episódios da nova temporada serão exibidos no Festival de Cinema de Cannes, onde há 25 anos David Lynch apresentou a versão cinematográfica. Em 1992, depois de ter vencido a Palma de Ouro do festival com “Um Coração Selvagem”, David Lynch decidiu regressar a Cannes para ali apresentar a prequela.

Texto escrito por Davide Pinheiro, publicado no nosso parceiro Jornal SOL

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Dune, de Frank Herbert, é por muitos considerado como um dos melhores contos de ficção

Realizador, actor, produtor, músico, tudo isto a seu tempo. Surrealista, explorador dos cantos

Aplaudido pela crítica internacional na última edição do Festival

Tem hoje início a 14ª edição do Doclisboa e que irá decorrer em vários espa