Três bandas desenhadas escritas por Alan Moore editadas este mês em Portugal

7 JUNHO, 2016 -

Três bandas desenhadas, escritas pelo autor britânico Alan Moore, entre as quais ‘V de Vingança‘ e ‘Watchmen‘, todas com desenhadores diferentes, são editadas este mês, pela primeira vez, em Portugal.

Pela Devir sai o livro “A Liga dos Cavalheiros Extraordinários: O século“, ilustrado por Kevin O’Neill e que é o terceiro de uma série publicada em Portugal há mais de dez anos por aquela editora.

Editada originalmente nos Estados Unidos, desde 1999, em vários volumes, “A Liga dos Cavalheiros Extraordinários” é uma BD ambientada na época vitoriana inglesa, embora as histórias se estendam temporalmente do século XIX ao século XXI.

Os diferentes volumes, aos quais se junta agora mais uma edição, registam as aventuras de um grupo de personalidades que têm como missão defender o império britânico. Da Liga fazem parte Allan Quatermain, Mina Murray, Capitão Nemo ou Dr. Henry Jekyll e Edward Hyde, personagens retiradas de outras obras literárias, de Júlio Verne a Bram Stoker, de H. G. Wells a Robert Louis Stevenson.

A narrativa de “A Liga dos Cavalheiros Extraordinários: O século” conta com novas personagens, retiradas de obras de autores como W.Somerset Maugham e Iain Sinclair. Este é o terceiro volume da série editado pela Devir, que deixou de fora, cronologicamente, um outro volume, intitulado “Black Dossier”.

Alan Moore, 62 anos, considerado um dos autores mais importantes e influentes da banda desenhada dos últimos trinta anos, verá este mês outras duas novelas gráficas serem publicadas pela primeira vez no mercado português, ambas com edição da Levoir.

Uma é “V de Vingança“, com desenho do britânico David Lloyd – que estará este mês em Portugal para apresentar o livro -, uma novela gráfica, publicada na década de 1980, na revista mensal Warrior, que apresenta uma personagem misteriosa, anarquista, que quer derrubar um regime fascista em Inglaterra.

A imagem de marca de “V de Vingança“, a máscara desenhada por David Lloyd, acabou por se tornar mais recentemente num símbolo global de protesto, depois de ter sido adotada pelo grupo ativista Anonymous.

O terceiro livro de Alan Moore a ser editado este mês em Portugal é “Watchmen”, que reúne uma série também publicada na década de 1980, que desconstrói a ideia de super-herói e cuja estrutura e desenho, de Dave Gibbons, se tornaram pioneiras e marcantes na nona arte.

A Liga dos Cavalheiros Extraordinários“, “V de Vingança” e “Watchmen” já foram adaptados para cinema.

Para outubro, a Devir promete a edição de “Do inferno“, outras das obras de referência de Alan Moore, que gira em torno da figura de Jack, o Estripador.

Alan Moore, prolífico escritor, de poesia, prosa e argumentos, tem mais alguns títulos publicados em Portugal, entre os quais o romance “A voz do fogo” e a BD “Batman – Piada Mortal“, com desenho de Brian Bolland.

Texto Lusa

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS