Trabalhos de Vhils, Banksy, Obey ou JR vão estar expostos em Cascais

2 OUTUBRO, 2017 -

Museu de Arte Urbana e Contemporânea de Cascais abre ao público na primavera do próximo ano.

Vhils, Banksy, Shepard Fairey (Obey) ou o francês JR – quatro nomes maiores da arte contemporânea representados na coleção que dará corpo à exposição permanente do novo MARCC – Museu de Arte Urbana e Contemporânea de Cascais, a ser inaugurado na primavera do próximo ano no Bairro dos Museus, em Cascais.

Nascido de uma parceria entre a Câmara de Cascais e Alexandre Farto (Vhils), que doou cerca de 300 obras da sua coleção pessoal, que faz uma viagem ao princípio da arte urbana em Portugal, dos posters de propaganda do PREC a obras de Nomen ou Abel Manta, pioneiros do graffiti, o museu acolherá, num espaço de cerca de 1700 metros quadrados, uma exposição permanente e quatro exposições temporárias por ano.

A coleção que constituirá o núcleo fundador do museu está ainda a ser construída e contará, de acordo com o município, com um investimento camarário de 350 mil euros na aquisição de obras de arte urbana e contemporânea de artistas nacionais e internacionais.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS