‘Toni Erdmann’, da alemã Maren Ade, vence prémio de cinema do Parlamento Europeu

23 NOVEMBRO, 2016 -

O filme ‘Toni Erdmann‘ da alemã Maren Ade venceu o Prémio Lux de Cinema do Parlamento Europeu (PE), anunciou o presidente do hemiciclo, Martin Schulz. A tragicomédia realizada por Maren foi também um dos favoritos à Palma de Ouro no Festival de Cannes.

O filme é uma co-produção entre a Alemanha, a Áustria e a Roménia e explora a complexa relação entre um pai e uma filha numa cultura corporativa.

O filme vencedor, uma combinação entre comédia negra e drama hilariante, descreve a relação difícil, carinhosa e por vezes absurda entre uma jovem emigrada e o seu pai. Ilustra de forma comovente como as relações familiares mudam e nos afetam numa sociedade envelhecida e competitiva“, disse Schulz, depois de felicitar a realizadora de ‘Toni Erdmann’, Maren Ade, e os realizadores dos outros dois filmes finalistas da 10.ª edição do Prémio Lux.

toni-erdmann

Para Martin Schulz, “este filme não oferece respostas fáceis, mas, entre momentos hilariantes, encoraja-nos a procurar aquilo que devemos proteger e estimar“.

Os outros filmes finalistas eram ‘À Peine J’Ouvre Les Yeux‘, de Leyla Bouzid (França, Tunísia, Bélgica, Emirados Árabes Unidos), e ‘Ma Vie de Courgette‘, de Claude Barras (Suíça, França). A película vencedora foi escolhida pelos eurodeputados.

O Parlamento Europeu financia a legendagem dos três filmes finalistas do Prémio Lux nas 24 línguas oficiais da UE.

O filme vencedor é também adaptado para as pessoas com incapacidades visuais ou auditivas e recebe apoio para a sua promoção a nível internacional.

Todos os filmes finalistas são mostrados nos 28 países da UE nos chamados ‘Lux Film Days‘, que decorrem anualmente entre Outubro e Dezembro.
Em Portugal, os finalistas de 2016 já passaram por Vila Real, Braga e Funchal, seguindo-se o Porto e Lisboa.

Texto de Lusa e CCA

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

A vigésima nona edição dos European Film Awards decorreu na Polónia, na cidad

A 69ª edição do Festival de Cannes já vai a mais de meio, uma vez que começ

As produtoras cinematográficas Alambique e Som e Fúria irão estre

Aquele que foi considerado para nós como