"Aquilo que somos é sempre relativo a onde e quando somos; o nosso sentido de identidade é feito daquilo que sentimos que é a nossa casa. Por isso - eu sou o granito das pedras da minha casa, que já foram rochas no mar (...) Eu sou a lã da ovelha, eu sou o che