Os grandes vencedores da Quinzena dos Realizadores, uma secção paralela e não competitiva, foram os filmes “L’effet aquatique”, da já falecida realizadora islandesa Sólveig Anspach, e “