O Cinema é construído através do contributo analítico e pragmático de inúmeras figuras; uma delas inclui o cineasta alemão Ernst Lubitsch. Expressou-se essencialmente através do cinema puro, que não é mais do que o retorno de um cinema vanguardista focado