Após uma estreia algo descontextualizada, o segundo dia da 11ª Edição do MOTELX  embalou bem para a exibição de filmes interessantes no âmbito do fantástico/horror. Vimos o canadiano The Void, um call back ao body horror de Carpenter, o sur

A sessão de abertura da 11ª edição do Motelx compôs-se como seria de esperar: esgotada há muito por uma plateia de fãs do cinema de terror. O São Jorge decorou-se a rigor, com elementos de horror espalhados até pela casa de banho, por entre guilhotinas, diabos vermelhos e u

Depois de uma belíssima celebração dos 10 anos de Motelx, Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, que, em 2016, viu D. Sebastião desembarcar em Lisboa numa noite de nevoeiro para trazer filmes como Don’t Breathe, The Wailing ou o Holocausto Canibal de Rug

Stephen King é um dos mais célebres autores do século XX e do ainda curto século XXI. Submergido em narrativas de uma ficção envolvente mas dramática e tenebrosa, o imaginário do escritor destaca-se mesmo por essa toada de terror mais ou menos real que apresenta. Todo ele encontra-se plasmad