Como seres humanos, temos a necessidade de fazer balanços e listas em relação ao que ficou para trás. Tais listas nunca serão unânimes, e não temos a ilusão de que as escolhas feitas por nós encerram uma verdade absoluta – nem que seja por existirem diversas opiniões dentro da nossa reda

Qualquer altura do ano é sempre boa para a leitura, embora o Verão traga consigo mais tempo livre dedicado a esta tão proveitosa prática. De acordo com o Dicionário dos Símbolos, de Jean Chevalier e Alain Cheerbrant  (editado pela teorema), a sucessão das estações, assim como das

Chegou a época do Natal. Enfeites propagados pelas ruas das cidades e das vilas de todo o mundo, celebrando uma época com diferentes fundamentos. Até aqui, tudo bem. Emerge mais um argumento que sustenta que aquilo que nos une é mais do que aquilo que nos separa. Por mais destrinçados que sejam