O novo filme de Marco Martins, “São Jorge”, é uma ficção que se encontra com a realidade. Divaga pela fronteira dos elementos ficcionados e documentais, assumindo um registo próximo a “Belarmino” (1964) de Fernando Lopes. Ambos retratam um país socialmente em crise: o primeiro, o da é

São Jorge, que deu o prémio de Melhor Actor a Nuno Lopes no Festival de Veneza de 2016, estreia finalmente nos cinemas portugueses. O novo filme de Marco Martins é uma junção de ficção

O realizador Marco Martins fará a estreia mundial do filme 'São Jorge', na quinta-feira, no festival de Cinema de Veneza, um dos lugares que considera importantes para a sobrevivência do cinema fora de Portugal.

O festival de cinema de Veneza abre na quarta-feira com o musical 'La la Land', de Damien Chazelle, e na seleção oficial contará com o filme português 'São Jorge', de Marco Martins.

Foi hoje anunciado o programa completo da 73ª edição do Festival Internacional de cinema de Veneza e há um filme português na secção paralela Orrizonti, que será presidida por Robert Guédiguian. O filme