Diz o provérbio, “quando o sol nasce, nasce para todos”. Mas, recorrendo a George Orwell (e fazendo uma analogia grosseira), quando o sol nasce, nasce para todos, mas nasce mais para uns do que para outros. A Porta Paraíso fala daqueles que ficam mais à sombra.