O clima político vivido na América marcou, na segunda-feira, o encontro de artistas candidatos aos Óscares, no início do qual a presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs, apelou à tolerância e à liberdade, comparando os tempos atuais ao Macartismo. "Hoje, nós celebramos-vos (...) mas ca

A Academia de Hollywood, que atribui os Óscares, convidou 683 pessoas para serem membros da organização, o dobro face ao ano passado, com o objetivo de alcançar uma maior diversidade. Dos 683 novos membros convidados,