Pela heterogeneidade das gentes que o compõem, acredito pouco num Portugal demograficamente coeso. As generalizações pecam sempre por erróneas e falham sempre por muito; ainda assim, se excluirmos o afinco e rigor no trabalho, a vulgarização