“No Quénia ter-se acesso à educação é um luxo e a maioria das crianças da Kibera não têm essa sorte, simplesmente porque muitas delas não têm uma família que possa assegurar o seu futuro.” Esta é, segundo Marta Baeta, mentora do projeto 'From