Em 1990 deu-se um dos maiores roubos de obras de arte, e o mais impressionante foi a falta de aparato. Como se os ladrões assaltassem a casa de uma velhinha. De lá para cá, nenhuma das 13 peças roubadas reapareceu. Avaliadas em 500 milhões de dólares, o Isabella Stewart Gardner, de Boston, vem