Desde o início da década de 1980 na edição, Francisco Vale é hoje o mais destacado editor literário português e somou mais um espetacular triunfo ao conquistar Agustina para o seu catálogo. Depois de resistir ao fenómeno da concentração editorial e crescer durante a crise, aliando

Ao entrar na velhice, Kawabata refletiu sobre ela e sobre a forma como a aproximação da morte faz do desejo um caminho através da memória que conta do princípio ao fim a história da nossa juventude. Um misto de satisfação e cepticismo marcou a forma como a elite cultural

Há uma livraria de bairro no Porto que, se vista de fora parece pacata, na verdade está a arder em silêncio. E tem lenha para queimar o mundo. Uma campainha amarrada à porta da loja diz também ao cliente uma coisa que começa a parecer-lhe estranha: atravessou um risco invis

O museu nova iorquino Solomon R. Guggenheim, que é gerido pela Fundação Solomon R. Guggenheim, decidiu dar acesso gratuito ao seu acervo de mais de 200 documentos. Depois de cerca de 5 anos a digitalizar livros e catálogos, agora está tudo disponível para dow

Numa das suas últimas semanas na presidência, Barack Obama concedeu uma entrevista ao The New York Times no passado dia 16 de Janeiro. Em diversas ocasiões, o antigo Presidente dos EUA provou ser uma pessoa com um vasto background de livros, filmes e mú

Qualquer altura do ano é boa para oferecer um livro. Em Dezembro, e a somar a isso, temos o Natal que faz com que as pessoas se sintam mais dispostas a oferecer coisas àqueles com quem se relacionam. O problema é que muitas vezes se metem em enormes processos de indec

A seguir ao Verão o Inverno é a época em que mais se lê. No entanto, não tem necessariamente de existir uma altura para o efeito (o Inverno é só um pretexto). Esta é, seguramente, a parte do ano que menos apetece sair de casa: lareira, muita roupa, chocolate quente, cinema e livros. Quem

Há algo no trabalho cinematográfico de Wes Anderson que nos leva para um lado mais criativo. Existem inúmeros ensaios de vídeo pela internet que exploram os detalhes dos filmes do realizador norte-americano. No entanto, o último que vimos, do português Luís Azevedo, fundador da

Ao site da distribuidora cinematográfica NUMAX, o realizador português Pedro Costa exprimiu o caudal literário da sua eleição. Apresentando uma mescla de autores vários, como Dostoievski, Brecht ou o nosso Pessoa, associa-se a cada uma das obras uma breve menção sobre a sua importância. U

Brontë é um habitual apelido que nos surge sempre que falamos de literatura inglesa e conhecida como uma "típica" família do século XIX, na região Yorkshire, Inglaterra. Parecia ser mais uma família inglesa, até que a suas imaginações se expandiram para além das folhas de