A partir de textos de Herberto Helder, “A Máquina de Emaranhar Paisagens”, estreada no passado mês de Outubro de 2016 no Teatro do Bairro Alto (ex-Cor

Já sou crescido o suficiente para ter perdido algumas pessoas que não imaginava perder. Os meus avós. Um amigo de infância que escolheu o suicídio. E, claro, o Herberto Helder. Como parece óbvio, nenhum deles está cá agora. Mas lembro-me deles com regularidade. Lembro-me tam

No pós-25 de abril, novas prerrogativas surgiram para um povo que vinha sendo oprimido. Novos horizontes foram traçados, novas perspetivas acendidas. Pelo meio, e dando às asas da ilha da Madeira até ao continente, chegou Herberto Helder. Poeta que negou amiúde a fama que apont

Inaugurou ontem, terça-feira, no Centro Cultural de Belém a exposição Eduardo Souto Moura: Continuidade. A ser exibida na Garagem Sul do CCB, o nome da exposição faz alusão ao Poema Contínuo

A editora Tinta-da-China vai lançar, na terça-feira, no Brasil, a coleção 'Grandes Escritores Portugueses', para derrubar a barreira literária entre os dois países, disse à agência Lusa a responsável da empresa, a editora Bárbar