Idealmente, a melhor companhia para estes Contos Musicais seria «Música e Literatura no Romantismo Alemão», com organização, introdução e notas de Rita Iriarte, (Apáginastantas, 1987). Não fosse a penosa evidência de esse livro estar indisponível. Mas especular acerca de