No espaço temporal que abrange os anos mais recentes, habituamo-nos a  ver proliferar em Portugal todo o tipo de festivais de música: ele há os de massas e os de nicho, os de rock e os de techno, os que dão palco à música e os que privilegiam partilhas em redes sociais. Com tant