1

Fragmentos, de George Steiner, é um conjunto de ensaios. Sob um pretexto algo estranho (e, quanto a mim, desnecessário), as reflexões derivam da leitura de um suposto pergaminho da Grécia Antiga, de origem desconhecida. O académico americano explora, e