Pouco passava das 22h na Galeria Zé dos Bois (ZDB para os amigos) quando vimos Sallim entrar no palco. Microfone e guitarra é tudo o que a jovem cantautora portuguesa precisa para materializar as suas canções e encantar com a sua voz. Entra calma e começa por m