Fundação alemã avança estudo que analisa à lupa 42 países, e adverte que o protecionismo não é uma solução para a crise. A crise financeira travou o processo de globalização, segundo um estudo encomendado pela Fundação Bertelsmann e realizado pelo instituto