Celebraria, hoje, 80 anos um dos maiores escritores da contracultura americana, célebre por ser o pai de um movimento literário chamado “Jornalismo Gonzo”, dono de um espírito de aventura alucinante, do mais puro que pode correr nas veias do ser humano. Hunter S. Thom