Henry Charles Bukowski Jr (1920-1994) ergueu-se na marginalidade literária. Familiarizou-se com o mundo do álcool e do tabaco, experienciou um universo profundamente masculino e antiquado, entregou-se ao s