O Azerbaijão gastou em dois anos um fundo com quase 2500 milhões de euros sobretudo destinados a comprar influência e favores entre ocidentais. A descoberta é volumosa, mas não muito surpreendente  O Azerbaijão é um regime autoritário num constante contorcionismo para o