Autoridade da Concorrência anuncia a intenção de reforçar este ano a sua capacidade de deteção oficiosa de práticas restritivas da concorrência e de “reforçar os incentivos” para que as empresas concorram entre si através do mérito e não através daquelas práticas. A autoridade d