Stanislav Petrov, o tenente-coronel responsável pelo Centro de Deteção de Ataques Nucleares da União Soviética decidiu ignorar, em 1983, um alegado lançamento de mísseis norte-americanos. O alerta revelou-se falso. Caso Petrov o tivesse comunicado, o comando soviético teria retaliado