Wtf Mr. Aronofsky! Foi essa exclamação que me assaltou no final do muito aguardado Mother!, exibido em competição para o Leão de Ouro. No entanto, só se os deuses estiverem mesmo loucos é que esse prémio poderia ser considerado, já que o cineasta se envolve numa proposta d