Quando falamos de romantismo literário em Portugal, os nomes de Almeida Garrett e de Camilo Castelo Branco surgem na proa deste chamamento. Enquanto o primeiro teve uma intensa vida pública e política, o segundo conheceu uma série de aventuras e de desventuras n