Ato Primeiro - preâmbulo. Nunca viajei sozinha, sem família ou amigos. Maioritariamente porque ainda não conquistei a minha independência financeira, e, como tal, não posso viver inconsequentemente segundo cada devaneio que se me insurge. Mas esta oportunidade surgiu por si