Especialista em alterações climáticas ajuda a perceber os impactos da atual seca. E explica como anos secos como 2017 acabam por não contribuir para um rumo mais sustentável As alterações climáticas não são apenas um desafio para o planeta: vão exigir cada vez mais sol

Todos os anos o mundo consome mais energia. Mas as geografias da oferta e da procura mudaram, devido à eficiência energética e à agenda das alterações climáticas. O petróleo “é uma fonte de energia de que o mundo vai continuar a precisar”, pelo menos

2016 foi o terceiro ano consecutivo a ser considerado o mais quente de sempre. Fevereiro deste ano, foi o segundo Fevereiro mais quente de que há registos históricos. As camadas de gelo nos polos atingiram recentemente mínimos nunca vistos, quando comparadas com a mesma época, em anos anteriores

O que vais ouvir, ler ou ver foi produzido pela equipa do É Apenas Fumaça, um projeto de media independente, e foi originalmente publicado em www.apenasfumaca.pt. O É Apenas Fumaça esteve Na Rua, no 2º Encontro Nacional pela Justiça Climática que teve lugar na Faculdade de Ciên