O mais recente filme do finlandês Aki Kaurimäki, O Outro Lado da Esperança/Toivon Tuolla Puolen (2017) dá continuidade ao universo que o cineasta explorou em Le Havre (2011), focando-se no percurso dos refugiados na Europa e a paisagem portuária como pano de fundo –