Lá no Brasil, antes de vir para cá, dizia que não ia estar fora mas dentro. Veio para passar seis meses, dar aulas como quem faz vento, e logo em Coimbra, tão precisada de correntes de ar. Na Universidade, tem um auditório com lugar para 500 pessoas que acaba por parecer pequeno. Entr