Por esta altura, o primeiro livro (depois das crónicas e mixórdias editadas) de Ricardo Araújo Pereira já não é uma novidade e muito menos novidade será o seu sucesso, sendo que a obra está já na terceira edição, estando à venda há apenas poucas semanas. Torna-se, por i