Muito se tem dito relativamente à falta de qualidade dos discos que saíram em 2016, face ao que foi premeditado no fim de 2015. Aqui em jeito de nota, este foi um dos anos mais importantes para a música do século XXI. A Pop ficou menos pop, o R&B e a Soul, promovidos pela comunidade Afro-Ame