Será Jon Snow um Targaryen?

9 MAIO, 2016 -

(SPOILER ALERT)
Jon Snow está vivo (outra vez) e neste último episódio de ‘Game of Thronesconseguiu a vingança sobre as pessoas que o fizeram passar pelo vazio da morte por breves instantes, ao mesmo tempo que deixou para trás o manto (e consequentemente o título) de Lord Commander do Night’s Watch. Os costumes ditam que um homem só poderá deixar de defender a muralha após a sua morte. Snow corresponde aos critérios. No entanto, não foram esses os únicos momentos que podem ser ligados à vida de Jon Snow. Houve um outro momento no episódio que veio reacender as esperanças dos fãs de Snow e da teoria que te vamos apresentar, que nem precisou de mostrar Snow no ecrã.

Há uns dias mostrámos-te o porquê de alguns fãs acharem que Tyrion pode de facto não ser um Lannister mas sim um Targaryen, e hoje vamos explicar-te o porquê de os fãs (nós incluídos) acharem que também Jon Snow pode não ser apenas um bastardo comum de Ned Stark, mas sim um Targaryen. A teoria dita que Snow não será de facto filho de Ned Stark e uma mulher que nunca chegaremos a conhecer, mas sim o fruto de um relacionamento entre Lyanna Stark (irmã de Ned Stark, que tem aparecido nas visões de Bran) e Rhaegar Targaryen, príncipe no reinado de Aerys, o último Targaryen a usar a coroa dos 7 reinos, também conhecido como o The Mad King.

Esta teoria tem já alguns anos, mas foi exatamente neste terceiro episódio da sexta temporada de ‘Game of Thrones‘ que vimos as primeiras pistas que nos indicam que a teoria pode vir a ser verdadeira na séria, em vez de estas se ficarem apenas pelos livros. As pistas são de facto demasiadas para serem ignoradas, e está tudo muito bem encaminhado para que ela se comprove. O que levou os fãs a pensarem nisto? Bem, várias coisas, que começam a ser mostradas na série através das visões de Bran Stark:

  • Rhaegar Targaryen, como nos contam os livros de George R. R. Martin, tinha uma paixão profunda por Lyanna, irmã de Ned Stark, e são deixadas algumas dicas de como Lyanna poderia sentir o mesmo. Durante a rebelião de Robert Baratheon que ultimamente o levaria para o trono dos 7 reinos, as histórias contam que Rhaegar raptou Lyanna e se isolou com ela na Tower of Joy em Dorne. O mais provável é que não tenha sido um rapto, mas uma fuga da batalha para poderem expressar o amor que sentiam um pelo outro. Visto que as casas Stark e Targaryen estavam em guerra na altura, isto seria impossível em público;
  • Num dos livros da saga, o momento em que Ned consegue chegar ao pé da sua irmã na Tower of Joy (depois de uma batalha entre os homens de Ned e os de Rhaegar, e na morte de Rhaegar às mãos de Robert Baratheon) é rodeado de misticismo e histórias mal contadas, mas os parágrafos contam que Ned encontrou Lyanna no meio de «uma poça do seu próprio sangue». Apesar de se acreditar que Lyanna estivesse doente, esta poça de sangue é uma explicação muito mais credível para um parto do que para uma constipação. Jon Snow seria então a criança de Lyanna e Rhaegar, fruto de um amor forçado a uma vida em reclusão;
  • As últimas palavras de Lyanna para Ned Stark, no seu leito de morte, foram um pedido. Nada mais se sabe sobre qual terá sido o conteúdo do pedido. A teoria dita que Lyanna terá suplicado a Ned Stark que criasse o seu filho recém-nascido como se fosse seu próprio, visto que Robert Baratheon tinha como missão matar todos os Targaryen à face da Terra, e filho de Rhaegar Targaryen é Targaryen também.
  • Eddard Stark é tido por toda a gente como um homem honesto e honorável», o que nos leva a acreditar que não seria o tipo de homem que traísse a sua mulher ou que tivesse um filho fora do casamento. Segundo a teoria, Ned mentiu a toda a gente (incluíndo a sua própria mulher) para zelar pela vida do seu sobrinho, filho de Lyanna e Rhaegar, de nome Jon Snow.

Outras pistas de menor significância estão espalhadas pelas páginas da saga de livros, como a impressionante semelhança física entre Jon Snow e Arya Stark (e o facto de Arya ter também uma parecença impressionante à sua tia Lyanna), uma visão de Daenerys que lhe mostrou uma rosa azul a crescer numa parede de gelo enquanto Jon Snow estava a servir na Muralha, ou o facto do pelo de Ghost, o lobo de Snow, ser branco, como o cabelo de maioria dos Targaryen (se comprovado, seria mais um dos vários simbolismos que Martin deixou escondidos por todos os livros). Para além disso, o próprio Sean Bean (ator que interpretou Ned Stark) disse: «Obviamente não sou o pai de Jon Snow, e isso vai ter de ser resolvido mais cedo ou mais tarde, não é?».

O último episódio de ‘Game of Thrones‘ mostrou-nos mais uma visão de Bran, desta vez sobre o momento em que um jovem Ned Stark chega à Tower of Joy (onde está Lyanna) durante a rebelião de Robert Baratheon. Os últimos segundos da visão de Bran mostram-nos um grito com voz de mulher vindo do interior da torre. Se a teoria se comprovar verdade (o que parece muito provável), estes gritos terão sido os gritos de dor de Lyanna ao dar à luz um recém-nascido Jon Snow, e as visões de Bran mostrarão o resto do percurso do personagem e dos restantes Targaryen.

Tal como na profecia dos Targaryen, caso esta e a teoria de Tyrion Lannister se tornarem verdade, Snow, Tyrion e Daenerys seriam as três cabeças do dragão Targaryen, que reconquistará o mundo. Além disso, sendo Snow filho de Stark (das terras do gelo e do frio) e Targaryen (dos dragões que cospem fogo), todo o nomeA Song of Ice (Stark) and Fire (Targaryen)’ ganharia muito mais sentido!

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS