Rodellus: começa já amanhã o festival para quem não tem medo do campo

26 JULHO, 2017 -

Tem início já amanhã, dia 27, o festival para quem não tem medo do campo (e gosta de boa música, claro). Falamos do Rodellus, em Ruílhe, na zona de Braga, dotado de um cartaz de luxo com nomes como Stone Dead, First Breath After Coma, The Sunflowers, Conjunto Corona entre muitos outros, que são mais do que motivo para colocar este festival na nossa agenda de verão. São três os palcos pelos quais vão ser distribuídas as bandas; e um deles, o Palco Rua, introduz novos talentos da música portuguesa, como os portuenses The Gypsies ou o sanjoanense Sardinha Também É Peixe.

Começamos então pelo primeiro dia de festival; ou, melhor dizendo, o dia zero, que tem entrada livre e já direito a campismo grátis para os festivaleiros que quiserem dar um salto ao campo e poupar uns trocos. No dia 27 apenas o Palco Rua terá concertos, com DJ Set SBSR.fm w/ Candy Diaz, Conjunto Corona, O Amante Negro e Moon Preachers.

O dia 28 introduz os dois outros palcos: o Palco Rodellus e o Palco Eira, onde se fará uma espécie de after-party dentro do festival. Os três palcos e a distribuição de horários funcionam como a perfeita simbiose da nossa tarde, início de noite e madrugada, regadas sempre com boa música. Começamos a tarde no Palco Rua com Sardinha Também É Peixe e Lukkas. A noite tem início no Palco Rodellus com Twin Transitors, First Breath After Coma e Stone Dead. Sendo a noite ainda criança e com muito para queimar, seguimos para o Palco Eira com Ratere, Mira, Um Lobo!, Ghost Hunt e Midi B2B Andy Burton.

No dia 29, e já com a saudade a pesar, repetimos o ritual. Começamos a tarde no Palco Rua com The Gypsies, Travo e The Electric Howl. Anoitecemos ante o Palco Rodellus com Los Wilds, The Sunflowers, Fai Baba e Go!Zilla. Despedimo-nos do campo no Palco Eira com The Japanese Girl, Pé Roto, Atomik Destruktor e Pointlist DJ Setlist.

Os passes para os dois dias estão à venda por 15€; os bilhetes diários custam 10€ cada. O dia 27 tem entrada livre e acesso gratuito ao campismo.

Fotografia: Shootsounds | Joana Rita, edição de 2016

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Em 2015 nascia em Ruílhe, na zona de Braga, o Festival Rodellus. O conceito é in