Quentin Tarantino: ‘eu sabia o suficiente para fazer mais do que fiz’

19 OUTUBRO, 2017 -

Toda a gente que era próxima do Harvey ouvi falar de pelo menos de um dos incidentes‘, ‘É impossível que não tenham ouvido‘, revelou o realizador de ‘Pulp Fiction

Quentin Tarantino tinha uma relação muito próxima do produtor Harvey Weinstein e segundo o The New York Times, através de uma entrevista feita ao cineasta na quarta-feira passada e que só agora foi revelada, o realizador norte-americano sabia há muito da má conduta de Weinstein no entanto nunca revelou detalhes sobre o assunto. Agora, Tarantino sente-se envergonhado por não ter feito nada ou por não ter deixado de trabalhar com o produtor.

Tarantino admitiu a sua própria culpa e sente que tem de haver uma mudança em relação ao tratamento das mulheres em Hollywood. E mesmo reconhecendo a sua forte ligação com Harvey Weinstein condena-o.

Eu sabia o suficiente para fazer mais do que fiz‘, disse Tarantino e acrescentou ‘Eram mais do que rumores e eu sabia que ele tinha feito algumas destas coisas‘, ‘Quem me dera ter assumido a responsabilidade pelo que ouvi‘, ‘Se tivesse tratado do assunto da forma que deveria ter feito nessa altura não teria trabalho com ele [Harvey Weinstein]‘, disse ainda o realizador ao The New York Times.

Na mesma entrevista ao The New York Times, que durou cerca de uma hora, Quentin Tarantino revelou ainda que a sua antiga namorada Mira Sorvino já lhe tinha contado que Weinstein a tinha assediado e que ele sabia ainda de outros casos. A acrescentar a isso, Tarantino soube do acordo que Weinstein fez com a actiz Rose McGowan para que um caso idêntico não se tornasse público.

Para além destes e de outros casos que Quentin Tarantino sabia continuou a trabalhar com o produtor, decisão essa que agora o realizador se arrepende: ‘O que eu fiz foi marginalizar os incidentes‘, ‘Qualquer coisa que eu disser agora vai soar como uma desculpa esfarrapada.

O realizador de ‘Pulp Fiction‘ pediu ainda aos outros homens que também sabiam para não ficarem com medo e que reconheçam que há algo de muito errado.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Realizador mostra-se preocupado com eventual “caça às bruxas”. Woody Alle

Depois de publicada uma investigação do “New York Times”, não para de crescer a list

O que é que Alfred Hitchcock, Harvey Weinstein ou Bi