Quase metade das pessoas que compram vinis no Reino Unido não ouvem os discos

19 ABRIL, 2016 -

Pitchfork publicou um estudo em que 48% das pessoas que compraram pelo menos um disco de vinil por mês mas que não o ouvem. Outros dados interessantes são os 41% de pessoas que têm gira-discos em casa, mas não utilizam, e 7% nem têm o equipamento.

As vendas de vinis não param de crescer e é importante ressalvar que as projecções de 2016 indicam que este ano pode inclusive atingir o patamar dos anos 80. Por exemplo, só no Reino Unido, quase 640 mil discos de 12 polegadas foram vendidos entre Janeiro e Março, perto do dobro de 2015. O líder de vendas é David Bowie, com o disco Blackstar.

davidbowie-blackstar2_grande

Em 2015 foram vendidos 2.1 milhões de discos vinil só no Reino Unido, e se as vendas continuarem a este ritmo, passaremos os 3 milhões, podendo chegar aos impressionantes 3,5 milhões, marca que não é atingida desde os anos 80. Segundo Geoff Taylor, chefe executivo do BPI e Brit Awards, “o vinil já não é um tesouro dos baby-boomers que cresceram com o formato.

Depois destes dados podemos afirmar que vão existir muitos vinis comprados mas se calhar para fins decorativos. A BBC News já confirmou isso mesmo quando um estudante em Manchester disse ter vinis apenas por motivos decorativos: “Dá aquela vibe old school. É para isso que o vinil serve.”.

O mesmo acontece no nosso país, certo?

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS