Primeiro trailer de ‘Voyage of Time’, novo filme de Terrence Malick

30 JUNHO, 2016 -

Finalmente!

Terrence Malick tem trabalhado no documentário Voyage of Time faz quase 30 anos e tem sido descrito pelo próprio realizador como “um dos meus maiores sonhos”. O filme será lançado em duas versões, uma de 40 minutos em IMAX, narrada por Brad Pitt, e numa edição maior (ainda não se sabe quanto tempo de duração terá) de 35mm, narrada por Cate Blanchett.
O filme foi anunciado em 2007, em formato IMAX, a partir de filmagens de The Tree of Life. No entanto, desde então, têm sido constantemente adiado – primeiro para 2014, e agora para 2016. Nesse período,Malick, que é conhecido pelo seu lento processo de produção, entrou numa onda de produtividade da qual surgiram três filmes: The Tree of Life, To the Wonder e Knight of Cups.

Still_1_.0.0

Voyage of Time é descrito como uma celebração do universo que nos mostra o tempo, desde o seu início até ao seu colapso. É descrito como uma celebração da Terra, desde o nascimento do universo até ao seu colapso final. O filme explora tudo o que aconteceu no nosso planeta, tudo o que conhecemos até hoje, desde: ciência, espiritualidade, nascimento, morte, o grande Cosmos e os sistemas de vida de um minuto do nosso planeta (uma passagem de tempo tão minúscula comparada com o grande cosmos).

O compositor italiano Ennio Morricone ficou responsável pela banda sonora de Voyage of Time, já a direcção de fotografia ficou a cargo de Paul Atkins, o segundo director de fotografia de filmes como: The Revenant, Knight of Cups,  To the Wonder ou The Tree of Life. Portanto, a cinematografia está certamente bem entregue uma vez que Aktins está familiarizado com o método de trabalho de Terrence Malick.

Voyage of Time tem a sua estreia marcada para dia 7 de Outubro deste ano.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O blog The Film Stage divulgou as primeiras imagens de Voyage of Time, um ambicioso

Voyage of Time, o documentário elaborado por Terrence Malick

Pode-se dizer que Terrence Malick não pára. E, ainda bem! Esta semana

Após um trabalho de décadas, eventualmente sincronizado com outros p