Prémios Sophia 2016: vencedores

14 MAIO, 2016 -

O filme Amor impossível‘ de António-Pedro Vasconcelos somava 17 nomeações, tendo apenas conseguido 4 prémios, entres eles: o de Melhor Filme, Melhor Actor Principal, Melhor Actriz Principal, Melhor Som. Já em 2015, o realizador tinha conquistado 9 prémios Sophia com a longa-metragem anterior, ‘Os gatos não têm vertigens’.

Nesta quinta edição dos Sophia, o filme ‘Yvone Kane’, de Margarida Cardoso, somava 10 nomeações, tantas quantas a comédia ‘Capitão Falcão’, de João Leitão. No entanto, a longa-metragem de Margarida Cardoso só conquistou os prémios de: Melhor Realização. JáCapitão Falcão arrecadou: Melhor Actor Secundário, Melhor Argumento Original, Melhor Direcção Artística, Melhor Maquilhagem e Cabelos, Melhor Guarda Roupa Melhor Banda Sonora Original.

Lista completa dos vencedores:

Melhor Filme
‘Amor Impossível’ – António-Pedro Vasconcelos (vencedor)
‘Montanha’ – João Salaviza
‘Yvone Kane’ – Margarida Cardoso
‘As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado’ – Miguel Gomes

Melhor Realização
Margarida Cardoso – ‘Yvone Kane’ (vencedora)
António-Pedro Vasconcelos – ‘Amor Impossível’
João Salaviza – ‘Montanha’
Miguel Gomes – ‘As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado’

Melhor Actriz Principal
Vitória Guerra – ‘Amor Impossível’ (vencedora)
Beatriz Batarda – ‘Yvone Kane’
Isabel Ruth – ‘Se eu fosse ladrão, roubava’
Soraia Chaves – ‘Amor Impossível’

Melhor Actor Principal
José Mata – ‘Amor Impossível’ (vencedor)
Gonçalo Waddington – ‘Capitão Falcão’
Adriano Luz – ‘As Mil e Uma Noites – Volume 1, O Inquieto’
David Mourato – ‘Montanha’

Melhor Actriz Secundária
Maria D’Aires – ‘Amor Impossível’
Maria João Pinho – ‘Montanha’
Lia Carvalho – ‘Amor Impossível’
Carla Chambel – ‘Se eu fosse ladrão, roubava’ (vencedora)

Melhor Actor Secundário
Carlos Malvarez – ‘Amor Impossível’
José Martins – ‘Amor Impossível’
David Chan Cordeiro – ‘Capitão Falcão’
José Pinto – ‘Capitão Falcão’ (vencedor)

Melhor Argumento Original
João Salaviza – ‘Montanha’
Margarida Cardoso – ‘Yvone Kane’
Tiago R. Santos – ‘Amor Impossível’
João Leitão e Nuria Leon Bernardo – ‘Capitão Falcão’ (vencedores)

Melhor Fotografia
João Ribeiro – ‘Yvone Kane’
André Szankowski – ‘Cosmos’
Miguel Sales Lopes – ‘Amor Impossível’
Acácio de Almeida – ‘Se eu fosse ladrão, roubava’ (vencedor)

Melhor Direcção Artística
Ana Vaz – ‘Yvone Kane’
Nuno Tomaz, Mário Melo Costa e João Leitão – ‘Capitão Falcão’ (vencedor)
Clara Vinhais – ‘Amor Impossível’
Rui Alves – ‘O Pátio das Cantigas’

Melhor Documentário em Longa-Metragem
Pára-me de repente o pensamento’ – Jorge Pelicano (vencedor)
‘Volta à Terra’ – João Pedro Plácido
‘Alto Bairro’ – Rui Simões
‘Portugal- Um dia de cada vez’ – João Canijo e Anabela Moreira

Melhor Documentário em Curta-Metragem
‘Atopia’ – Luís Azevedo e Alexandre Marinho 
‘Fora da vida’ – Filipa Reis e João Miller Guerra (vencedor)
‘A torre’ – Salomé Lamas
‘África abençoada’ – Aminata Embaló

Melhor Maquilhagem e Cabelos
Emmanuelle Fèvre e Ramona – ‘Yvone Kane’
Raquel Laranjo e Helena Gonçalves – ‘Capitão Falcão’ (vencedor)
Susana Correia e Sandra Meleiro – ‘Amor Impossível’
Iris Peleira – ‘Cosmos’

Curta-Metragem de Animação
‘Amélia & Duarte’ – Alice Guimarães e Mónica Santos (vencedor)
‘Nossa Senhora da Apresentação’ – Abi Feijó
‘Vígil’ – Rita Cruchinho Neves
‘O Campo à Beira Mar’ – André Ruivo

Melhor Som
Vasco Pedroso, Branko Neskov e Elsa Ferreira – ‘Amor Impossível’ (vencedor)
Hugo Leitão – ‘Capitão Falcão’
Nuno Carvalho e Olivier Blanc – ‘Montanha’
Elsa Ferreira e Pedro Ricardo Nunes – ‘Yvone Kane’

Melhor Guarda Roupa
Isabel Quadros – ‘Capitão Falcão’ (vencedor)
Nádia Henriques – ‘Yvone Kane’
Silvia Grabowski e Lucha D’Orey – ‘As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado’
Mia Lourenço – ‘Amor Impossível’

Melhor Montagem
João Braz – ‘Yvone Kane’
Pedro Ribeiro – ‘Amor Impossível’
Edgar Feldman e João Salaviza – ‘Montanha’ (vencedores)
Mário Melo Costa – ‘Capitão Falcão’

Melhor Banda Sonora Original
José M. Afonso – ‘Amor Impossível’
Pedro Marques – ‘Capitão Falcão’ (vencedor)
Norberto Lobo – ‘Montanha’
Nuno Malô – ‘O Pátio das Cantigas’

Prémio Sophia Estudante
‘Afrodite’ – Gonçalo Nobre de Almeida
‘Ghiocel’ – Mara Ungureanu
Terra Mãe’ – Ricardo Couto (vencedor)
‘Palhaços’ – Pedro Crispim

Melhor Curta-Metragem de Ficção
‘O Rebocador’ – Jorge Cramez
Rampa’ – Margarida Lucas (vencedora)
‘Aula de Condução’ – André Santos e Marco Leão
‘A Glória de Fazer Cinema em Portugal’ – Manuel Mozos

Prémio Sophia de Carreira
Carmen Dolores

O melhor filme dos Prémios Sophia será exibido no âmbito da Festa do Cinema, a decorrer de segunda a quarta-feira, em todo o país.

Os Prémios Sophia, que distinguem os profissionais do cinema nacional pelos seus próprios pares, foram lançados em 2012, um ano depois da criação da Academia Portuguesa de Cinema.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O filme “Amor impossível”, de António-Pedro Vasconcelos, li