Prémio Pessoa 2016 é anunciado a 9 de Dezembro

30 NOVEMBRO, 2016 -

O Prémio Pessoa 2016, que distingue uma personalidade que tenha tido uma “intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica” no país, é anunciado a 09 de Dezembro, revelou hoje a organização.

Este Prémio é uma iniciativa do jornal Expresso e da Caixa Geral Depósitos, tem um valor monetário de 60 mil euros e foi atribuído pela primeira vez em 1987 ao historiador José Mattoso.

Esta será a 30ª. edição do Prémio Pessoa e o galardoado será revelado às 12:00 no Palácio dos Seteais, em Sintra.

Em 2015 foi atribuído ao escultor Rui Chafes, a quem o júri elogiou a procura pela transcendência, ao utilizar o ferro como matéria-prima criativa.

Desde então foram reconhecidos, entre outros, o poeta António Ramos Rosa, a pianista Maria João Pires, os investigadores António e Hanna Damásio, o neurocirurgião João Lobo Antunes, recentemente falecido, o arquitecto Eduardo Souto Moura, o constitucionalista José Joaquim Gomes Canotilho, a historiadora Irene Flunser Pimentel e a investigadora Maria Manuel Mota.

Lista de Vencedores do Prémio Pessoa

2015 – Rui Chafes, escultor
2014 – Henrique Leitão, cientista
2013 – Maria Manuela Mota, cientista
2012 – Richard Zenith, escritor
2011 – Eduardo Lourenço, filósofo e professor catedrático
2010 – Maria do Carmo Fonseca, cientista
2009 – D. Manuel Clemente, bispo do Porto
2008 – João Luís Carrilho da Graça, arquiteto
2007 – Irene Flunser Pimentel, historiadora
2006 – António S. Câmara, fundador da Ydreams
2005 – Luís Miguel Cintra, ator e encenador
2004 – Mário Cláudio (pseudónimo de Rui Manuel Pinto Barbot Costa), escritor
2003 – José Joaquim Gomes Canotilho, constitucionalista
2002 – Manuel Sobrinho Simões, investigador
2001 – João Bénard da Costa, cineasta
2000 – Emmanuel Nunes, compositor
1999 – Manuel Alegre (poeta) e José Manuel Rodrigues (fotógrafo)
1998 – Eduardo Souto de Moura, arquiteto
1997 – José Cardoso Pires, escritor
1996 – João Lobo Antunes, neurocirurgião
1995 – Vasco Graça Moura, ensaísta
1994 – Herberto Helder, poeta
1993 – Fernando Gil, poeta
1992 – António e Hanna Damásio, investigadores
1991 – Cláudio Torres, arqueólogo
1990 – Menez, pintora
1989 – Maria João Pires, pianista
1988 – António Ramos Rosa, poeta
1987 – José Mattoso, escritor

Texto de Lusa e CCA

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Francisco Pinto Balsemão anunciou que Frederico Lourenço é o vencedor do Pr