Portugal de Eduardo Souto Moura em ‘Continuidade’ no CCB

22 JUNHO, 2016 -

Look Fantastic PT 180X150
Womens Bags PT 300 x 250

Inaugurou ontem, terça-feira, no Centro Cultural de Belém a exposição Eduardo Souto Moura: Continuidade. A ser exibida na Garagem Sul do CCB, o nome da exposição faz alusão ao Poema Contínuo de Herberto Helder, poeta favorito de Souto Moura. Para esta exibição o arquitecto seleccionou sete projectos, todos eles executados em Portugal, país onde se sente melhor a trabalhar.

A exposição minimalista conjuga maquetes e vídeo-projecção, um pouco à imagem da que foi exibida na Fundação Calouste Goulbenkian, Inside a Creative Mind. De todos os sete projectos escolhidos, o destaque vai para a barragem do Tua, mais recente obra em solo nacional projectada pelo arquitecto. As outras obras expostas são a Casa de Moledo (1991), Casa na Arrábida (1994), o Metro do Porto (2001), o Estádio Municipal de Braga (2004), a Torre do Burgo (2007), A Casa das Histórias Paula Rego (2008), primeira obra de Souto Moura a sul do Douro.

Destaque ainda para os vídeos projectados, da autoria do realizador Takashi Sugimoto. O japonês encontra-se em Lisboa para concluir a sua tese de mestrado em Realização e Dramaturgia na Escola Superior de Teatro e Cinema.

takashisugimotoestadio02

Fotografia de Takashi Sugimoto / Estádio Municipal de Braga

Eduardo Souto Moura foi vencedor do Prémio Pritzker em 2011. A exposição teve curadoria dos arquitectos António Sérgio Korch e André de França Campos e estará patente até ao dia 12 de Setembro, as entradas têm o valor de 5 euros.

Fotografia de Daniel Rocha / Público

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS