Porta 253 – vídeo por e para Braga

22 SETEMBRO, 2016 -

A Porta 253 nasce pela mão de Joana Jorge, uma jovem bracarense licenciada em Ciências da Comunicação e amante de vídeo e cinema.

Numa altura em que há uma sede desmedida por novos projetos ligados à arte, e de arte na sua forma mais crua, a “Porta” (diminutivo utilizado por quem a ela se refere com mais carinho) surgiu de um vídeo da NPR Tiny Desk Concerts, de uma banda chamada “Sylvan Esso”.

Um dia, Joana estava a ouvir música no Youtube e tropeçou nesse vídeo.  O Tiny Desk já era um dos seus canais preferidos mas, ao conhecer através do mesmo uma banda nova da qual gostou tanto, veio-lhe à cabeça a ideia de fazer algo semelhante. ” Por que não juntar malta que gosta de filmar e editar vídeo com uma pessoa que goste de captar e produzir áudio, e gravar sessões de mini-concertos e entrevistas, mas com uma particularidade: em locais improváveis da cidade de Braga?”.

Ao partilhar esta ideia com João Figueiredo – o produtor de áudio do projeto -, numa viagem pela ” Carretera Atlântica”, lançaram-se à terra as primeiras sementes da Porta 253 (253 por ser o indicativo telefónico de Braga), uma criação perfeita para servir de atelier para aqueles que adoram vídeo e música. 

É esta a génese do Porta 253: um projeto composto de gente com sangue na guelra, nascido e criado na cidade de Braga, pela cidade de Braga e para a cidade de Braga, uma vez que divulga, através da arte, os seus locais diferentes e improváveis, nos quais normalmente não costuma haver concertos. 

À Joana, juntaram-se Inês Martins, Mariana Santiago, Tiago da Cunha e Alexandre Vale no vídeo, João Figueiredo no áudio, Vítor Vilas Boas nas entrevistas, Matilde Quintela, Inês Pereira e Pedro Estelita na fotografia, MOOH! Biscates Transmedia na comunicação e !design no artwork e design. Juntos, deram pernas para andar  a este projeto que abraça o vídeo como seu maior aliado.

Aproveitando bandas que vêm tocar à cidade de Braga à noite para gravá-las à tarde, a equipa junta-se normalmente aos sábados para produzir o conteúdo de um canal de Youtube organizado por playlists de atuações completas, atuações por música e entrevistas.

A Porta 253 estreou-se em Dezembro de 2015 nas portas do InBraga Hostel com o duo Leviatã e já conta com mais de 25 sessões gravadas em mais de 20 locais diferentes.

No futuro, os “portinhas” pretendem fazer mais e melhor e alcançar cada vez mais público, sempre com entusiasmo e dedicação. E, é por tudo isto, e por tudo aquilo que ainda está por vir, que hoje a Porta 253 e a Comunidade Cultura e Arte se associam para fazerem chegar novos conteúdos a todos os que nos seguem.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Os Orelha Negra apresentam-se ao vivo em Braga e no Porto

É já no próximo mês de Novembro que Braga alberga em si um dos festivais mais esperados do ano,

As segundas feiras não precisam de ser chatas e deprimentes e o gnration hoje comprova isso mesmo.

O centro comercial Nova Arcada, em Braga, que abriu em Março deste ano, de