Peter Greenaway vem a Lisboa para escola de verão sobre cultura visual

24 JUNHO, 2016 -

O realizador britânico Peter Greenaway e o artista visual português Daniel Blaufuks estão entre os convidados de uma escola de verão sobre cultura visual da Universidade Católica, que começa na segunda-feira em vários espaços de Lisboa.

Esta será a sexta edição da ‘Lisbon Summer School‘, para estudantes de doutoramento de ciências sociais, portugueses e estrangeiros, e que inclui apresentação de reflexões, estudos, masterclasses e exibição de filmes ao longo de uma semana.

É um momento de ter contacto com bibliografia ao vivo, com alguns dos nomes mais relevantes da produção do conhecimento científico sobre cultura visual“, explicou Isabel Capeloa Gil, diretora do programa e vice-reitora da UCP, à agência Lusa.

Esta escola de verão, que contará com a participação de quase uma centena de estudantes e investigadores de mais de vinte países, é dedicada ao tema da “transvisualidade“.

Ou seja, é sobre a forma como as imagens circulam e têm impacto sobre a construção do social“, explicou a docente.

Entre os trabalhos académicos que foram submetidos a concurso há reflexões sobre a perceção do real, sobre a relação entre imagem e questões de género e também sobre migrações e a contrução de uma narrativa visual sobre conflitos.

Nesta sexta edição, entre os convidados estão o cineasta Peter Greenaway, que nos últimos anos tem participado em encontros internacionais para falar sobre novas linguagens e desafios da prática cinematográfica, o artista visual Daniel Blaufuks, o professor brasileiro Norval Baitello Junior, o teórico norte-americano Nicholas Mirzoeff, da Universidade de Nova Iorque, e Claudia Benthien, da Universidade de Hamburgo.

A “Lisbon Summer School” é uma iniciativa do Consórcio de Lisboa, o programa internacional de mestrado e doutoramento em Estudos de Cultura da UCP, que pretende “dar visibilidade à diversidade cultural de Lisboa através de estudos académicos”, sublinhou Isabel Capeloa Gil.

Até 2 de julho, o programa desta escola de verão irá dividir-se entre aos auditórios da Universidade Católica Portuguesa, Fundação Calouste Gulbenkian, Oceanário de Lisboa, Casa das Histórias – Paula Rego, em Cascais, Teatro Municipal São Luiz, Instituto Goethe e Espaço Novo Banco.

Texto Lusa
Fotografia Otto Väätäinen

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS