Paul Manafort, ex-diretor de campanha de Trump, entregou-se às autoridades

30 OUTUBRO, 2017 -

Paul Manafort dirigiu-se esta manhã até às instalações do FBI.

O ex-diretor de campanha de Trump, Paul Manafort, entregou-se esta segunda-feira às autoridades, devido uma investigação relacionada com alegadas interferências da Russia nas eleições presidenciais norte-americanas, que decorreram o ano passado.

Segundo a imprensa norte-americana, o sócio de Manafort, Rick Gates, também irá entregar-se às autoridades. E de acordo com a CNN, o ex-diretor entregou-se nas instalações do FBI, em Washington.

Um grande júri federal de Washington DC aprovou na sexta-feira as primeiras acusações na investigação conduzida pelo procurador especial Robert Mueller”, escreveu a CNN.

Em maio do ano passado, Mueller foi nomeado para investigar as eleições presidenciais norte-americanas e verificar se houve ou não interferência russa na campanha de Trump. Para além de Mueller,  várias comissões do Congresso estão a realizar investigações paralelas.

Paul Manafort começou a trabalhar para Trump em março de 2016 e o seu despedimento esteve envolvido em polémica, pois o ex-diretor abandonou o cargo depois de terem surgido rumores de que teria trabalhado secretamente com os russos.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS