O mundo de Surma: o concerto de pré-lançamento de ‘Antwerpen’

6 OUTUBRO, 2017 -

Passou já uma semana do showcase de pré-lançamento do seu álbum de estreia; mas Surma conquistou-nos de tal forma que se torna difícil o exercício de a adjectivar. Na última semana do mês de Setembro, Lisboa e Porto (no MusicBox e no Maus Hábitos, respectivamente) tiveram o privilégio de ouvir, em primeira mão, alguns dos temas do tão antecipado Antwerpen, aguçando ainda mais o apetite para o lançamento do álbum.

O cenário, por si só, belíssimo. Vários instrumentos circundam Surma, levantando-se o véu do mundo criado por Débora Umbelino; um mundo tão seu, que ali partilha connosco. Entre um baixo, uma guitarra, um tambor; e, num cantinho, um conjunto de sinos que a dada altura nos transportam para um plano celestial.

É, contudo, a voz da Débora que se encarrega de nos colocar nessa dimensão desde o primeiro momento. Aqueles que já assistiram a um concerto de Surma sabem que a doçura se reflete na sonoridade e na pessoa em palco. Débora fez questão de sublinhar que não estava ainda em condições de apresentar algumas das músicas – o processo de transição do estúdio para os palcos encontra-se em curso – e partilhava que aquilo que ia mostrar ao longo do final de tarde ainda não estaria completamente perfeito. Contudo, imperfeição não é o adjectivo mais adequado para descrever o que pudemos ouvir e experienciar.

Trinta minutos – foi aproximadamente este o tempo que Surma permitiu que viajássemos pelo mundo que construiu. Ficamos-lhe agradecidos. Algumas pequenas amostras, como “Hemma”, já conhecem a luz do dia; outras, ouvimo-las pela primeira vez. Não sabemos se estaremos já preparados para mergulhar em Antwerpen, e para a beleza de sonoridades que a sua escuta revelará. Os ouvidos, desprevenidos, certamente virão a sentir-se gratos.

Há tempos, numa pequena sala em Madrid, actuava Surma; mal termina o seu concerto, todos os presentes se aproximam do palco, pois queriam abraçá-la. A música e a pessoa da Débora têm o condão de tocar quem a ouve, desta forma próxima. Antwerpen chega a 13 de Outubro; e, pelo cheirinho a que tivemos o privilégio de assistir, só podemos pedir que chegue rápido. E que venham mais, muitos mais concertos, por Portugal e pelo mundo.

 

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

No mesmo dia em que o tão aguardado álbum de estreia de Surma era lançado, uma