O muçulmano gay que casa homossexuais em segredo

19 JUNHO, 2016 -

O jornalista da BBC Ali Hamedani visitou Istambul, na Turquia, e encontrou-se com Taha Mullah, um clérigo iraniano gay que durante vários anos realizou em segredo no seu país, Irão, vários casamentos homossexuais.

Como se sabe a homossexualidade ainda é crime em 73 países pelo mundo, sendo que 9 ditam sentenças de morte. O Irão, assim como a Arábia Saudita, Afeganistão, Iémen e Sudão, é um desses países.
Embora a vida em Istambul não seja fácil a presença de Taha é reconfortante para os refugiados homossexuais que procuram os seus serviços para se casarem.
Taha é um dos mais de 1 000 refugiados LGBT iranianos que a ONU estima que vivam na Turquia à espera de serem reinstaladas no estrangeiro. E, Istambul é um dos poucos lugares no mundo muçulmano que é tolerante com a homossexualidade. Taha consegue mesmo frequentar clubes gays podendo inclusive maquilhar-se e vestir-se a seu gosto. Como se pode ver no vídeo que vos trazemos, pelas mãos da BBC.

Por fim, o Canada é o sonho de Taha, o ainda jovem pretende viajar para o país e ficar longe de todos os princípios religiosos que vão contra a sua natureza.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS